Gedell afirmou que a bancada de Jaques Wagner estupra a Democracia.

O presidente do PMDB na Bahia e pré-candidato ao governo, Geddel Vieira Lima fez duras críticas a bancada de Jaques Wagner na Assembleia Legislativa por causa da aprovação do Projeto de Resolução que trata de mudanças no Regimento Interno da Casa, fato ocorrido na madrugada de terça-feira (21).

A modificação proíbe que um único deputado possa trancar pauta de votação com apresentação de vários destaques no processo de discussão e apreciação de projetos.
A mudança do regimento da Assembleia, patrocinada pelo governo do estado, é um estupro à democracia. Cassar o exercício dos direitos das minorias nos parlamentos foi atitude perpetrada por regimes autoritários.

O contraditório e o debate amplo contra a imposição, é algo que, ao reverso de fragilizar, fortalece as decisões de governo, afirmou Geddel.

O líder peemedebista promete reunir a oposição na Assembleia Legislativa ainda hoje para entrar na Justiça com pedido de cancelamento da aprovação da mudança do regimento.

“Temos que impedir o governo de emascular a voz daqueles que foram eleitos, não para formarem a maioria que foi construída na desavergonhada cooptação, mas, sim, para manter as suas vozes firmes num importante papel de fiscal do Governo e críticos de postulações que consideramos absurdas e maléficas para o Estado”.    

Fonte: Redação com informação 247.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS