Tempo - Tutiempo.net

Governador visita Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova e alerta para limite da abertura de novos leitos na Bahia

Governador visitou Hospital de Campanha

Na tarde desta quarta-feira (3), o governador Rui Costa esteve no Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, para uma visita técnica à unidade, que volta a funcionar nesta quinta-feira (4).

O hospital tem capacidade para 200 leitos, mas inicialmente funcionará com 80 leitos, distribuídos em 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e mais 30 leitos clínicos, voltados para o atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

A gestão do hospital de campanha está sob a responsabilidade das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A expectativa é de que em breve o hospital possa operar com capacidade plena, já que depende do processo de contratação dos profissionais de saúde para o total funcionamento.

Durante entrevista coletiva à imprensa, o governador destacou o esforço do Governo do Estado para reabrir a unidade, mas lembrou que a abertura de leitos não é a solução para o combate à pandemia do novo coronavírus.

“A abertura de novos leitos é uma tentativa de evitar um colapso total no nosso sistema de saúde. É importante esclarecer para a população que, ao abrir os 100 leitos de UTI da Arena Fonte Nova e mais 100 de UTI que serão abertos no Hospital Metropolitano, o Estado da Bahia chega ao limite de abertura de novos leitos. É preciso que todos tomem consciência ou, daqui a duas semanas, iremos precisar de mais mil leitos. É uma situação impossível porque nós não teríamos nem equipes de profissionais suficientes para uma demanda tão grande”, afirmou.

A subsecretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, explicou que “haverá um aumento progressivo na abertura do número de leitos na Arena Fonte Nova, porque nós precisamos captar profissionais especializados e que, neste momento, estão divididos entre UTI covid e UTI não covid, mas a nossa expectativa é ter 100 leitos de UTI e 100 leitos clínicos.

O hospital já começou a receber pacientes clínicos e de UTI a partir dessa quarta-feira .”

Hospital Metropolitano

Na última terça-feira (2), o governador autorizou a publicação de licitação emergencial para a abertura do Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas.

A unidade — que tem capacidade para comportar 200 leitos, sendo 100 leitos de UTI e mais 100 clínicos — irá abrir com 40 leitos de UTI e mais 30 leitos clínicos.

A expectativa é de que, após o lançamento da licitação emergencial, que já teve o trâmite burocrático iniciado, o hospital inicie as atividades no prazo de três semanas.

Durante a agenda na Arena Fonte Nova, o governador informou que, na manhã de quarta-feira (3), foi realizada uma reunião entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) para discutir os termos e a forma de contratação de uma gestão provisória para a unidade.

“Hoje já deve ser concluída uma das etapas desse processo, que será de resposta aqueles que demonstraram interesse pela licitação”, pontuou Rui.

Jairo Gonçalves

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS