Tempo - Tutiempo.net

“Governo baiano pouco faz para ajudar”, diz ANTT em resposta as queixas de Otto Alencar sobre Via Bahia

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) classificou, nesta quinta-feira (19), as críticas do vice-governador da Bahia, Otto Alencar, sobre o convênio do governo federal com a concessionária que administra as rodovias do estado, Via Bahia, de “levianas, inverídicas e performáticas”.

 

O órgão definiu como “eleitoreiro” o discurso do gestor e acusou a administração estadual de muito falar e pouco fazer sobre o assunto em questão. “Se há algum problema de visão é do senhor governador em exercício, que só enxerga o problema local, não consegue ver o desenho nacional. O discurso fácil soa melhor do que arregaçar as mangas e atuar junto ao governo federal nas dificuldades de implementação de investimentos nos trechos. Neste caso, o governo baiano pouco faz para ajudar”, reclamou.

 

Segundo a ANTT, as falhas na prestação de serviços nas estradas baianas fizeram com que fosse determinada a redução em 50% na tarifa de pedágio. No entanto, a decisão foi derrubada pela Justiça, o que fugiria do âmbito de responsabilidade da reguladora. “As ações possíveis foram e estão sendo executadas junto à empresa. Diretores da ANTT fizeram diversas visitas à Bahia. Ninguém ficou prisioneiro de gabinete. Ao contrário, foram verificar os problemas in loco”, argumentou.

Fonte: Redação/ Bahia Notícias

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS