Juíza atende a Ação Popular contra Via Bahia e determina nova vistoria na BR 324

Alguns deputados baianos impetraram uma Ação Popular contra a Via Bahia com o objetivo de suspender a tarifa de pedágio na BR-324 – entre os municípios de Feira de Santana e Salvador – ou diminuir o patamar condizente aos investimentos e reconhecer a caducidade da concessão.

O pedido foi atendido pela juíza federal Renata Mesquita Ribeiro Quadros, da 14ª Vara Federal. De acordo com a decisão da Magistrada, nos dias 17 e 18 de fevereiro haverá a realização de nova vistoria na rodovia, iniciando-se os trabalhos às 8 horas no pátio do DETRAN-BA, situado na Av. Antônio Carlos Magalhães, 7744 – Iguatemi, Salvador, devendo ser realizado o trajeto Salvador/Feira de Santana e Feira de Santana/Salvador, percorrendo-se todo o trecho sob concessão.

 

Entre os que cobram melhorias para a BR 324 está a deputada estadual Graça Pimenta (PR) que reprova a cobrança do pedágio na rodovia devido às péssimas condições da pista.
“Muitos condutores estão tendo problemas com seus carros por conta dos buracos existentes na pista. O segundo pedágio já está em fase de conclusão e os serviços ainda não correspondem à cobrança. É preciso oferecer manutenção de qualidade para que os motoristas trafeguem com segurança”, declara a deputada Graça Pimenta.

 

Graça Pimenta considera a vistoria necessária para verificação dos serviços na BR-324, determinados por meio de decisão judicial. “Os condutores precisam se sentir seguros ao trafegar pela rodovia e, para isso, faz-se necessário que a concessionária ofereça as melhores condições possíveis de trafegabilidade para os motoristas que pagam os pedágios com valor considerável e transitam pela BR-324. Muitas vezes encontramos a rodovia em situações de perigo, já que buracos e desnivelamentos, por exemplo, são encontrados com frequência. Vamos ficar atentos se a vistoria será feita e se um dos objetivos será atendido”, declarou a parlamentar.    

Fonte: Redação com informações do Jus Brasil/ Foto: Web

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS