Médica que matou irmãos em acidente tem habeas corpus negado

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Foi indeferido pelo desembargador Jefferson Alves de Assis e publicado no Diário da Justiça Eletrônico nesta quinta-feira (24), o pedido de liminardo habbeas corpus ajuizado pelos representantes da oftalmologista Kátia Vargas Pereira, investigada por provocar a morte dos irmãos Emanuel e Emanuele Dias, 22 e 23 anos.

O pedido de liminar diz respeito ao requerimento do julgamento do habeas corpus em caráter de urgência. A ação ainda será distribuída por sorteio e poderá ou não ser julgada pelo mesmo desembargador que apreciou o pedido de liminar. O TJ-BA não informou quando o julgamento deverá acontecer.

 

Daniel Keller, advogado da família das vítimas, afirma que confia na Justiça e na condenação da mulher. “A prisão foi o primeiro objetivo da família e hoje ela está presa. A expectativa é que ela continue presa enquanto aguarda julgamento. Acreditamos na Justiça, no Poder Judiciário”, diz.

Fonte:

OUTRAS NOTÍCIAS