Mudança do Garcia: Xavier Pato Rouco expõe gastos e cobra serviços da prefeitura

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

No desfile da Mudança do Garcia, palco tradicional de manifestações políticas, Xavier Pato Rouco aproveitou para cobrar transparência e serviços públicos em Salvador.

Com um cartaz estampando gastos com festas nos bairros em contraponto às pendências da prefeitura municipal, o homem diz que seu engajamento funciona.

“Isso faz efeito, com certeza. Eu vejo retorno. Eu cobrava botando placa: ‘prefeitura, cadê o abrigo de ônibus da Escola de Belas Artes?’, e saiu; ‘cadê a construção do posto de saúde da Muriçoca?’, e está saindo, através das denúncias”, afirmou Pato Rouco, destacando que falta quem pressione e cobre eficiência da gestão municipal.

“Inclusive, eu tenho um ofício de número 178 na prefeitura pra botar ônibus com ar condicionado para os moradores do Garcia. E um 176, cobrando ar condicionado nos ônibus da Federação. Tem que ter alguém pra cobrar.

Um dos pontos mais críticos apontados por Xavier é a falta de um aparelho de ultrassom na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris.

“O aparelho de ultrassom custa R$ 100 mil, aí a prefeitura pagou R$ 800 mil para Ivete Sangalo, pagou R$ 800 mil para Jorge e Matheus, R$ 600 mil para Gustavo Lima, R$ 350 mil para Anitta, e o aparelho de ultrassom custa R$ 100 mil”, comparou, afirmando ainda que por conta de suas ações acaba sendo ameaçado, mas salientando que vai persistir.

“Como é que eu sei?

Eu acesso a internet, eu acompanho o Diário Oficial. Todo cidadão tem direito à informação, artigo 5º, parágrafo 14 da Constituição. Se a prefeitura não leva eu levo”, declarou. “Registrei boletim de ocorrência, levei lá na 7ª [delegacia], estou fazendo o meu papel, o que todos deveriam fazer”, concluiu.

Francis Juliano / Jamile Amine

OUTRAS NOTÍCIAS