Tempo - Tutiempo.net

O CANDIDATO RUI COSTA PEDE OFICIALMENTE INVESTIGAÇÃO DO SUPOSTO ‘MENSALINHO’

O candidato do PT ao governo do Estado, Rui Costa, requereu da Polícia Federal e do Ministério Público abertura de investigação e ação penal para as denúncias feitas pela presidente da ONG Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva, de que a entidade servia para desviar dinheiro para formação de ‘caixa 2’ para campanhas do PT na Bahia.

Em requerimentos endereçados ao superintendente Regional da PF na Bahia, Cesar Augusto Toselli; e ao procurador geral de Justiça da Bahia, Márcio José Cordeiro Fahel.

O candidato petista pediu que a ex-presidente do Instituto

Brasil seja chamada a prestar esclarecimentos e apresentar provas das acusações contra ele.

Rui disse que no processo destinado a apurar suposto desvio de recursos de contrato para construção de casas populares não há qualquer citação de seu nome como beneficiário.

Ele garante que “as denúncias são caluniosas, com interesse apenas de imputar-lhe fato ofensivo, com finalidade eleitoral negativa”.

“Essa senhora deve ser trazida de volta ao Brasil para apresentar provas das acusações levianas que fez”.

Dalva Sele Paiva viajou para a Espanha antes que as denúncias fossem publicadas pela revista Veja, o que aconteceu no final de semana.

Previsão de retorno da delatora ao Brasil é somente para dia 10 de outubro, depois das eleições.

“A revista publicou acusações graves sem que nenhuma prova documental fosse apresentada. Isso não pode ficar assim.

É preciso que tudo seja investigado, urgentemente. A oposição contratou pessoas para mentir e me caluniar.

Já passei por muita coisa nessa vida. Sempre segui os ensinamentos dos meus pais: pobre não pode perder a honestidade e vergonha na cara”.

Apesar da ‘armação’, o candidato do PT garante que sua campanha segue a todo vapor e que não vão conseguir desanimá-lo.

“Se acham que essas mentiras vão me desanimar, estão enganados. Vou ser governador da Bahia e, ao final do meu mandato, vou olhar para meus três filhos e dizer que eles podem se orgulhar do pai que têm. Sou um homem de bem. Meu nome não pode ser enlameado de forma tão irresponsável. Quero que tudo seja apurado e os responsáveis punidos”.

Fonte: B.247/Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS