Pai é preso acusado de estuprar filhas gêmeas de 14 anos desde que tinham 6

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Duas irmãs gêmeas de 14 anos denunciaram o próprio pai, após oito anos de violência sexual na Bahia. O caso aconteceu no município de Teixeira de Freitas, situado no sul do Estado. De acordo com informações da DT (Delegacia Territorial), as adolescentes eram constantemente ameaçadas pelo pai e após contarem o que estava acontecendo para uma prima, foram recomendadas a gravarem um vídeo para que ocorresse a prisão do agressor.

— A prima orientou uma das irmãs a fazer a filmagem. Depois disso, o suspeito foi preso em flagrante pela PM (Polícia Militar) e conduzido à delegacia.

Conforme a DT, as adolescentes revelaram que os estupros começaram quando tinham apenas seis anos e, aos doze, a situação piorou. Ainda segundo a polícia, as jovens já foram submetidas ao exame pericial, onde foi constatado o abuso.

— Elas fizeram o exame e foi comprovado que a virgindade foi perdida há muito tempo. Nós já solicitamos exames médicos para ver se elas contraíram alguma doença sexualmente transmissível e também o acompanhamento psicológico.

O suspeito está custodiado na unidade policial e deve ser encaminhado para o Presídio de Teixeira de Freitas.

As irmãs vão ficar sob a guarda da mãe que, segundo a polícia, não sabia do caso, pois as vítimas eram ameaçadas caso relatassem a violência sexual.

maae

Cljornal e Record Bahia

OUTRAS NOTÍCIAS