Tempo - Tutiempo.net

Pedófilo que se passava por criança na internet é preso em Itagi

Pedófilo preso de transferido para Brasília

Policiais civis da Bahia e do Distrito Federal prenderam em Itagi, um homem de 28 anos, suspeito de pedofilia.

Durante um mês, os policiais investigaram a atuação do pedófilo, que se utilizava de perfis falsos em redes sociais, para aliciar crianças residentes no Distrito Federal.

As investigações apontam que para interagir com as vítimas, o criminoso se passava por criança. Após ganhar a confiança delas, ele as induzia a se exibirem de forma pornográfica, inclusive com a gravação e encaminhamento de fotos e vídeos.

Ainda segundo a polícia, na posse destes vídeos, o pedófilo exigia que as crianças produzissem mais conteúdo de cunho pornográfico.
Como forma de obrigar as crianças a produzirem novos vídeos, o suspeito praticava uma dupla ameaça: caso contassem para os pais sobre a existência dos vídeos, bem como de “vazá-los” na internet. 

Após as investigações, o juiz de São Sebastião/DF decretou a prisão preventiva do suspeito e expediu mandado de busca e apreensão para sua residência.

Durante as buscas, foram apreendidos diversos equipamentos eletrônicos, que serão periciados para a identificação de novas vítimas.

O preso foi transferido de avião, decolando do Aeroporto Vicente Grilo-Jequié, para o Distrito Federal.

Ele responderá pela prática de crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, podendo ser condenado a uma pena que varia entre 5 a 13 anos de prisão

PNEB

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS