PINHEIRO SOBRE SAÍDA DO PT: “NÃO VOU AFUNDAR COM O TITANIC”

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Walter Pinheiro

O senador Walter Pinheiro, que em 2006, quando era deputado federal, disse sentir “vergonha” do PT por causa do chamado ‘mensalão’, volta a demonstrar que não prestigia mais sua legenda.

Em entrevista à rádio Metrópole na sexta-feira (10), questionado por um ouvinte sobre esperar ou não ‘o Titanic afundar’, ele não falou explicitamente que vai deixar o PT, mas para bom entendedor… analise a resposta: “Não vou ficar esperando o violino tocar ali em cima para afundar com o Titanic”, disse o senador.

Mais um dos sinais sólidos de sua relação nada amistosa com seus correligionários foi sua ausência ao Congresso do PT em Salvador em junho passado, que teve presença da presidente Dilma Rousseff, do ex-presidente Lula e de praticamente todos os caciques da legenda. Pinheiro não compareceu em nenhum dos três dias de evento.

Uma prova inequívoca de que não tem ideologia e nunca foi petista, pode-se dizer que defendia apenas os seus interesses pessoais.

No entanto ele nega que haja problemas.

“No último congresso do PT, eu estava fora discutindo um projeto importante para a Bahia. Acho que no congresso faltou tema para discutir, tanto que a minha ausência foi importante. Meu foco hoje é o debate de quando a gente encontrará saídas para o Brasil, não de saída do partido”.

Sobre suas críticas ao PT, Walter Pinheiro se comparou a Lula e mais uma vez negou intenção de trocar de legenda.

“Eu tenho brincado com as pessoas. Eu não estava batendo em ninguém, estava fazendo critica ao governo e mostrando as propostas.

Eu estava fazendo a mesma crítica que Lula estava fazendo ao governo. Se ele está saindo, estou saindo também. Fiz a mesma critica de falta de projeto”.

Nos bastidores, já é dada como certa a saída do senador do PT, e as especulações apontam que ele deve ir para o PSB.

Visão petista/Redação

OUTRAS NOTÍCIAS