Portos da Bahia podem parar

Com uma panfletagem no Posto de Escalação em Santos e na Praça Mauá começa nesta segunda -feira (18) a mobilização nacional por mudanças na Medida Provisória 595, a chamada de MP dos Portos. A intenção é esclarecer a sociedade sobre a precarização do trabalho nos portos e perdas para as cidades portuárias devido a MP que tramita no Congresso Nacional.

 

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, confirma o estado de greve dos trabalhadores dos portos e definirá um calendário de manifestações na plenária dos portuários que acontece na próxima terça-feira (19) em Brasília. O movimento também atingirá os portos de Salvador, Candeias-Aratu e Ilhéus, na Bahia.

Fonte: Redação / Bahia Negócios

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS