RUI REFORÇA UNIDADES DE SAÚDE EM VALENÇA

Rui inaugura consórcio saúde Valença

O primeiro ‘Centro de Parto Normal’ do baixo sul da Bahia e um Serviço de Endoscopia, implantados, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na Santa Casa de Misericórdia de Valença, foram entregues nesta sexta-feira (12) à população.

Junto com os equipamentos, que reforçam o sistema de saúde do município, o governador Rui Costa também entregou à instituição um veículo comprado com recursos do programa ‘Sua Nota é um Show’ e um tomógrafo adquirido via emenda parlamentar.

Ainda em Valença, Rui está visitando o Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde do Leste da Bahia.

Segundo o governador, a construção de hospitais regionais está prevista no planejamento para os quatro anos de gestão. “Estamos também melhorando a prestação de serviço dos hospitais existentes.

É o que estamos fazendo aqui em Valença, em Brumado, atuando tanto na rede própria como nos hospitais que não são do estado, mas são contratados por nós, como é o caso desta Santa Casa”.

Para Rui, a prioridade é implantar consórcios regionais de saúde e construir policlínicas.

“O gargalo maior está depois que as pessoas são atendidas nos postos de saúde e precisam de um especialista ou um exame, que não estão disponíveis na maioria das cidades. Por isso, estou conclamando os prefeitos para formarem os consórcios. Já autorizei a licitação de cinco policlínicas e quero fazer isso também aqui no baixo sul”.

Combate ao Aedes Aegypti

O governador também falou sobre o combate ao aedes aegypti. “A presidente Dilma instituiu o sábado como o dia de combater o mosquito.

Esse bichinho que mal dá para enxergar está trazendo um monte de doenças. Além da Dengue, tem também a Zika e a Chikungunya. Às vezes, as três aparecem juntas”.

O governador informou que, entre o mosquito colocar os ovos e as larvas nascerem, demora apenas sete dias e que cada mosquito voa a uma distância máxima de 200 metros de onde nasceu.

“Significa que, para ficar livre do mosquito, basta que cada um cuide da sua casa. Se a casa ao lado está fechada e tem água parada, chame a prefeitura, que a presidente Dilma autorizou que a Polícia e o Exército ou os fiscais da prefeitura tomem as providências, se houver foco do mosquito”.

Assessoria

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS