Secretário desconsidera recomendação e Wagner pede que ele renuncie

O governador da Bahia, Jaques Wagner, afirmou na manhã dessa terça feira (3), em entrevista a um programa de radio, que aguarda ainda hoje que o secretário estadual de Justiça, Almiro Sena, renuncie.

O governador afirmou que se, mais uma vez, Almiro desconsiderar a recomendação, ele será obrigado a exonerá-lo.

O secretário caiu em desgraça depois que um grupo de servidoras da Secretaria resolveu formalizar em um documento gravíssima denúncia contra ele, por assédio moral e sexual.

Almiro negou e continua negando. O governador ao tomar conhecimento das acusações, na semana passada, declarou que, após a divulgação dos fatos a presença do secretário no governo ficou insustentável.

Mesmo assim, Almiro resolveu desconsiderar o conselho para que pedisse exoneração.

O governador teria ficado irritado com o fato de o secretário não ter encaminhado o pedido de exoneração ontem, o que permitiria a publicação de seu desligamento no Diário Oficial do Estado nessa terça.

Caso o secretário insista em desconsiderar a orientação do governador para que peça exoneração do cargo, Almiro será demitido.   

Fonte: Redação cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS