Tempo - Tutiempo.net

100 horas de forró alegra a maratona do Arraia de Feira de Santana nesse domingo

O fole vai começar a roncar neste domingo, 21, na grande maratona de forró que é o Arraia da Feira. Serão quase 100 horas de forró, somadas as apresentações nos quatro polos de festança. A animação vai ficar por conta de 45 atrações.

Todos os caminhos no início da próxima semana levarão os “caçadores de arraia” para os distritos de Maria Quitéria, onde acontece o tradicionalíssimo São João de São José, e para Tiquaruçu; depois, a partir de sexta-feira, 26, para Humildes, Jaíba e Bonfim de Feira, que animadamente comemoram o São Pedro.

Além da boa comida e bebidas típicas do período, os palcos serão ocupados por atrações regionais e nacionais, garantia de arrasta pé de qualidade.

Alguém duvida que os festejos juninos é a festa das festas para os feirenses?

No município, o São João e o São Pedro são festejados em quatro polos distintos.

É festa que não acaba mais – exceto na quinta-feira, 25, todos os dias da próxima semana a zabumba vai ser castigada em algum local – às vezes em dois, ao mesmo tempo, do território da terra de Maria Quitéria.

Se somarmos, são 15 dias de festa na cidade e na zona rural.  É hora de forró que não acaba mais.

Os festejos juninos em Feira foram iniciados no Arraia do Comércio, que neste ano durou nove dias, e lotou a praça João Barbosa de Carvalho, nome oficial da praça do Fórum.

No grande arraia urbano apenas se apresentaram grupos regionais, também conhecidos como pé-de-serra.

Além da música, muita comida para repor as energias perdidas no grande salão de dança, e o licor para deixar o salão ainda mais animado.

Depois de alguns dias de descanso, para curar os calos derivados do arrasta-pé, a festança vai recomeçar nos distritos de Maria Quitéria e Tiquaruçu, onde se apresentarão grandes nomes do forró, com expressão nacional e regional.

Uma verdadeira maratona musical. Serão mais quatro noites ao som afinado da sanfona.

Em Maria Quitéria, com seus quase 40 anos de história, a festa começa no dia 21 e vai até o dia 23, com atrações de peso e garantia de público, como Aviões do Forró, Chambinho do Acordeon – que ficou nacionalmente conhecido por interpretar Luiz Gonzaga no filma biográfico do cantor e compositor que sintetizou a alma sertaneja -, Luan Estilizado – que levou a música nordestina para o Super Star, programa da Rede Globo -, e a sensualidade da banda paraibana Magníficos, mais atrações locais.

Ao mesmo tempo, em Tiquaruçu, o palco será ocupado por Timbaúba, Vaqueirama, Beto Cardoso, Xote Garoto, Xote Perfumado, entre muitas outras atrações.  E neste ano a festa acontece nos dias 23 e 24 – e o feriado promete ser o mais animado dos festejos.

A maratona será reiniciada em Jaíba, com Jaiperi, João Almeida, Arreio de Ouro e Caracu com Ovo, entre outros, e em Bonfim de Feira, que terá como atrações Seu Maxixe, Adriano Reis, Nenem do Acordeon e Os Clones, no dia 26 e prossegue no dia seguinte.  Haja energia para gastar nos arrasta-pés.

Em Humildes serão três dias de forró e sertanejo – começa no dia 26 e vai até o dia 28.  Michel Teló será a grande atração de um dos mais animados São Pedro de toda a região.

Por lá também passarão Filomena Bagaceira, Catuaba com Amendoim, Zezinho da Ema, França, Capim Molhado. Ao todo serão 12 atrações, apenas em Humildes.

COMO CHEGAR AOS DISTRITOS

MARIA QUITÉRIA – pegar a BR 116-Norte e percorrer cerca de 15 quilômetros, a partir do centro da cidade. Depois seguir à esquerda e percorrer cerca de dois quilômetros.

O trânsito no distrito é controlado neste período devido a grande quantidade de veículos. Mas vários estacionamentos rotativos são criados nas chácaras próximas.

TIQUARUÇU – distante cerca de 30 quilômetros do centro de Feira de Santana, para chegar ao distrito deve-se pegar a BR 116-Norte, pouco antes da Balança da rodovia entrar à direita numa estrada de terra batida, com mais de dez quilômetros de extensão, que está em boas condições de tráfego.

BONFIM DE FEIRA – para chegar ao distrito, deve-se seguir pela BR 116-Sul. Cerca de oito quilômetros depois, entrar na Estrada do Feijão, a BA 052. Alguns quilômetros adiante, seguir pela estrada asfaltada à esquerda. A sede fica cerca de 12 quilômetros depois.

JAÍBA – mais próximo distrito do centro da cidade, o motorista deve seguir pela avenida Sérgio Carneiro – a BA 503 e percorre poucos quilômetros para chegar ao local onde é montado um dos quatro arraias para o São Pedro.

HUMILDES – são duas opções principais para chegar ao distrito, que fica a aproximadamente 15 quilômetros do centro de Feira de Santana. A primeira é pela BR 324, depois entra por uma estrada asfaltada. A outra é pelo bairro Limoeiro, cuja distância é um pouco menor.

A estrada é asfaltada. Há também a opção pela BR 101 – neste caso o motorista segue até o viaduto sobre a BR 324 e entra à direita. O problema é que a distância aumenta consideravelmente.

                                                                                                                                                                   Secom/Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS