Tempo - Tutiempo.net

Prefeito de Feira de Santana é inominável

Se fosse uma nota de dolar, quem sabe

Policlínicas por falta de pagamento aos servidores fecham as portas.

As policlínicas do Tomba, Feira X e Rua Nova, por falta de pagamento dos seus profissionais de saúde fecharam as portas. A informação é do vereador Luiz da Feira (PROS), que teceu críticas ao governo municipal sobre o assunto durante discurso na tribuna da Câmara Municipal na quinta (28).

O prefeito não está cumprindo com suas obrigações. Além do mais um técnico de enfermagem ganha em torno de R$1.200,00 por mês, um dentista ganha R$2.600,00 mensais e o salário ainda atraso o pagamento em dois, três meses seguidos. É um descalabro.

Prefeito diz que manifestações na comunidade rural é provocada por  siglas partidárias

Mais um maluco no pedaço. Bolsonaro fez escola.

Em matéria publicada no site institucional da prefeitura de Feira, a posição oficial do prefeito Colbert Filho é oficializada de forma alucinógena de que as manifestações da comunidade rural, em relação à falta de transporte público coletivo. é manipulada por partidos políticos de esquerda.

O cara tá ficando biruta.

Vereadora diz que vai pintar quebra-molas por conta própria

Sem justificar aplicação de verba milionária para sinalizar as ruas da cidade, o prefeito abandona de vez o trânsito do município, os quebra-molas estão praticamente invisíveis em todo o município.

A administração exercida pelo prefeito Colbert Filho se transforma em caso de polícia.

A vereadora Eremita Mota (PSDB): afirmou caso a Prefeitura de Feira de Santana não inicie nos próximos dias a manutenção dos quebra-molas, ela vai fazer esse trabalho, nos locais mais críticos por conta própria.

Abandono.

A cidade está suja, a coleta e os pontos de lixo se acumulam.

O banho de iluminação com LED, é um desastre para o dinheiro público. A escuridão é o principal cartão de visita da cidade.

Falta de medicamentos nos postos de saúde vem sendo denunciado por moradores de diversos bairros.

Empresa de ônibus que opera no município vai a justiça para encerrar contrato.

Prefeito perdeu a maioria na Câmara Municipal e persegue vereadores.

Vereador denúncia secretário de Saúde e pede sua exoneração.

O legislativo municipal trabalha em duas CPIS contra o prefeito.

A cidade está esburacada, até mesmo onde obras foram realizadas recentemente o piso está parcialmente destruído.

Despesas com viagens do prefeito, e comitiva, a Brasília é injustificável. Diz que vai buscar recursos, nunca trouxe nada, pelo contrário deixou alguns por lá.

O Pinóquio entra pouco na prefeitura, o nariz não deixa.

O maluquete tá perdido!

“O tempo perdido não se recupera e certamente fará falta. Aquele que mais sabe, mais lamenta por tempo perdido. Perder tempo desagrada mais a quem conhece o seu valor.” Johnny De’ Carli

cljornal.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS