Tempo - Tutiempo.net

A responsabilidade profissional do radialista Paulo José/Carlos Lima

Radialista Paulo José

Não fiquei surpreso com a nota pública do radialista Paulo José. Foi um comportamento de quem captura a verdade e respeita a profissão que exerce. Infelizmente é o que falta em boa parte da categoria, a mais desunida no mister.

Uma das razões se sobressai no comportamento irresponsável do radialista Joilton Freitas, seu companheiro de emissora.

Desnudando seu rancor para com o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres, se aproveitou de um tenso embate político entre o presidente e um secretário municipal, no programa de Paulo José, para acusar o seu desafeto de ter invadido a Rádio Sociedade News.

A nota pública traduz, profissionalmente, o episódio, expõe a verdade dos fatos, distorcidos de forma maldosa em comentário realizado pelo seu colega de emissora Joiltron Freitas.

O radialista Paulo José está desautorizando e desmentindo de forma categórica a informação de invasão da emissora pelo vereador Fernando Torres..

O vereador já havia sido convidado para ser entrevistado no Programa ‘Jornal das Duas’ ancorado pelo radialista.

As declarações de Joilton Freitas são desajuizadas, moralmente criminosas, sujeitas a ações judiciais.

O fato se agrava muito mais e consolida o ato desmiolado, diante da fonte da notícia ser a própria emissora e seu colega de trabalho. Seriam dois passos para a frente, ele retornou a perda da chefia da Ascom.

Desprezou a busca da verdade e expos seu rancor pessoal, com a intenção, talvez hipotética, de desconstruir politicamente o presidente da Câmara Municipal.

Por outro lado, desconsiderou que o secretário Marcelo Brito dava informações improcedentes sobre a falta de material nos Postos de Saúde e culpava o Legislativo por não ter aprovado a LDO. Estava mentindo desavergonhadamente.

O que, facilmente, se pode provar.

Devemos informar e defender a verdade e quando quisermos opinar, registar nossa autoria pela rubrica pessoal.

Paulo José publicou: “A bem da verdade, não houve invasão por parte do vereador, que teve acesso ao pátio da rádio, pelo portão da garagem, como sempre aconteceu em suas visitas a esta empresa. Não houve desentendimento com a portaria”.

Esse é um comportamento que valoriza o profissional e a profissão. Sucesso meu irmão.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS