Tempo - Tutiempo.net

Após três meses vereadores de arrependem e aprovam projeto que permite reeleição

O GOLPE DA REELEIÇÃO IMITARAM FHC

Os vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana aprovaram, na manhã de quarta-feira (15), na Casa da Cidadania, a proposta de emenda nº 109/2017, que altera o artigo 50 da Lei Orgânica do município permitindo a reeleição da Mesa Diretiva.

A proposta é de autoria do vereador Isaías de Diogo (PPS) que a três meses votou favorável ao projeto que extinguia a reeleição da Mesa Diretiva.

Uma posição que diz muito da personalidade do vereador…

O vereador se arrependeu, com ele mais alguns vereadores reeleitos, além dos neófitos de primeiro mandato. A Emenda foi aprovada em primeira de discussão, na próxima segunda feira (20) entrará em segunda discussão e votação.

De acordo com a redação da proposta, “no primeiro ano de cada Legislatura, a Câmara Municipal, composta pelos membros eleitos na última eleição, reunir-se-á no dia 1º de janeiro, para dar posse aos vereadores, prefeito e vice-prefeito e eleger sua Mesa Diretora para o mandato de dois anos, podendo ser reconduzidos para os mesmos cargos na eleição subsequente para mais um mandato”.

A matéria teve os votos contrários dos vereadores José Carneiro Rocha (PSDB) e Roberto Tourinho (PV) e as abstenções dos edis Eremita Mota (PSDB) e Edvaldo Lima (PP), que prontamente se justificaram. “Essa é uma postura pessoal. O Governo Municipal não tem nenhuma posição sobre essa questão e cada um vota como quiser.

Não tenho nada contra Ronny e ele sabe disso, só não entendi porque ano passado aprovamos aqui um projeto que proíbe a reeleição e três meses depois querem aprovar outro que permite.

Desistiram da proibição? A Casa aprovará, mas não terá meu voto”, garantiu José Carneiro.

Também detentor do voto contrário, o edil Roberto Tourinho afirmou que não concorda com a proposta de reeleição da Mesa Diretiva.

Fez uma volta ao passado, onde elogiou vários ex-presidentes, e revelou que ano passado teve seu nome cogitado por alguns vereadores para concorrer a eleição da Mesa Diretiva como presidente.

“Chegamos a nos reunir  e até montar chapa, mas sempre evitei falar do assunto com a imprensa, desafio se algum membro tem qualquer gravação minha tratando do disso”, revelou.

Com o voto de abstenção, a vereadora Eremita Mota (PSDB) afirmou ser contra a ideia de reeleição da Mesa Diretiva e relatou que ano passado tinha certeza de que o colega Roberto Tourinho disputaria a eleição e queria garantir a ele seu voto.

“Tourinho chegou a ter nove votos. Não sei porque depois cada um tomou um rumo. Mas, quero aqui parabenizar o vereador Ronny, por duas vezes conseguir se eleger presidente da Casa com maioria esmagadora dos votos. Admiro muito sua maneira de conversar com os colegas e obter os votos”, elogiou.

Será que a vereador está pensando bem nessa eficiência, ou existe alguma desconfiança.

Se o vereador não alcançar vôos maiores será que teremos mais um Marcelo Nilo no Legislativo feirense?

Atualmente, a Mesa Diretiva da Casa tem o vereador Reinaldo Miranda, Ronny (PHS) como presidente; Ewerton Carneiro da Costa, Tom (PEN), como 1º vice-presidente; Marcos Lima (PRP) como 2º vice-presidente; Isaías de Diogo (PPS) como 3º vice-presidente; Gerusa Sampaio como 1ª secretária; Luiz Augusto de Jesus, Lulinha (DEM) como 2º secretário e Fabiano Nascimento, Fabiano da Van (PPS) como 3º secretário.

cljorjal com informações da ASCOM

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS