Tempo - Tutiempo.net

BRT, o defunto recebe a última pá de cal do prefeito, virou Expresso Novo Centro. Novo?

BRT. Expresso Novo Centro.

De forma nada  sutil, o prefeito Colbert Filho reconheceu a morte do BRT e para não sepultá-lo definitivamente, joga uma pá de cal para não deixar o cadáver feder.

Expondo sua inteligência sobrenatural, fantasia as urnas funerárias, móveis de Expresso Novo Centro.  (Por enquanto três urnas) para fazer a locomoção de visitantes para o novo mausoléu definido  como Shopping Popular ou Cidade das Compras.

O novo mausoléu está quase entregue aos zumbis. Caminha na meta já traçada anteriormente, doar as lápides aos seus(…) na futura Cidade Fantasma.

Esse prefeito, também reconhecido como Cabo Anselmo, encobre disfarçadamdente seu dedo duro, entrega o BRT, compra pesquisa, trai o próprio partido político e se lambusa de especiarias orientais vindas com a PPP.

Sua ambição substima a liberdade de expressão e com bujingangas tenta fazer escambo com os  feirenses.

Repúdio é pouco.

Lembro-me de Dom Pero Fernandes Sardinha, primeiro bispo ao chegar ao Brasil em 1551, teve um, suposto, terrível fim. Dizem que foi devorado pelos índios caetés, durante ritual de antropofagia, no litoral do nordeste brasileiro, em 1556. Hoje não se faz mais isso, mas as bujingangas e a fome persistem.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS