Casas de show apresentam documentos exigidos pela Defesa Civil

Donos das casas de shows e eventos fiscalizadas pela Defesa Civil de Feira de Santana estão apresentando a documentação exigida pelo órgão. Principalmente o projeto contra incêndio – algumas já o tinham. A verificação das condições destes locais tem como objetivo prevenir acidentes.

 

O projeto de incêndio deverá ser apresentado detalhadamente. Os donos dos estabelecimentos fiscalizados têm dez dias para apresentar a documentação exigida. A desobediência pode levar às sansões legais.

 

A Coordenação de Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente e Secretaria de Desenvolvimento Urbano já estiveram em 18 desses estabelecimentos. De acordo com Jorge Prudente, que coordena a Defesa Civil, a deficiência nas saídas de emergência é o problema mais comum nestas casas.

 

“Mas esses espaços já estão se adequando às exigências da lei”, diz. Ele comenta que o risco maior nestes locais é a superlotação. E como as saídas não estão dentro dos parâmetros de largura definidos como ideais – a relação é de um centímetro para cada pessoa que estiver no seu interior, no caso lotação maior do que o previsto o risco é potencializado.

 

O coordenador afirma que a fiscalização vai continuar sendo feita normalmente. “O prefeito José Ronaldo está determinado a regularizar essas casas de shows, porque não se deve permitir que elas exponham seus freqüentadores ao perigo. E a gente vai orientar como adotar princípios preventivos”. 

Fonte: Secom

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS