Feira de Santana: Divisa apreende carne no Centro de Abastecimento e esquece as Feiras Livres

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A venda de carne transportada e acondicionada irregularmente foi alvo de uma ação executada no Centro de Abastecimento, resultando na apreensão de três toneladas.

A força-tarefa coordenada pelo Ministério Público Estadual, dentre outros órgãos, esqueceram-se de fiscalizar as feiras livres da cidade, onde a comercialização de carnes não obedece as normas do correto acondicionamento do produto.

Os prejuízos foram incalculáveis para os comerciantes que viram seus produtos serem encaminhados para o Aterro Sanitário, onde foram incinerados.

Na verdade a administração do Centro de Abastecimento tem sido omisso em diversas ações de fiscalização, contribuindo para que os produtos comercializados naquele entreposto sejam condicionados de forma irregular.

A tão divulgada força tarefa que é coordenada pelo Ministério Público deveria também punir a administração do Centro de Abastecimento, consequentemente a Prefeitura, por não cumprir com as suas obrigações e colocar em risco a saúde da população.

Além do que, esqueceram de fiscalizar as feiras livres da cidade, onde carnes e diversos produtos alimentícios são comercializados de forma caótica, sem obedecer qualquer norma da Divisão de Epidemiologia.

Para confirmar a preocupação da Divisa do Ministério Público em fazer cumprir as leis e as normas de comercialização de produtos alimentícios, principalmente carnes, a fiscalização deve continuar e visitar todas as feiras livres de Feira de Santana.    

Fonte: Redaçãop cljornal

OUTRAS NOTÍCIAS