MP abre inquérito para investigar morte de operário

 

O Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) instaurou um inquérito civil nesta quarta-feira (8) para investigar a morte do operário Ricardo Santos Conceição, de 22 anos, que foi soterrado quando trabalhava na obra de drenagem da rua Calamar, no bairro Conceição, em Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (7).

Os representantes da empresa Construtora Jaguara Ltda, contratada pela prefeitura através de licitação, deverão ser convocados para prestar esclarecimentos. O MPT também deverá solicitar nos próximos dias informações dos órgãos que fizeram as primeiras inspeções no local da tragédia.

E o prefeito José Ronaldo de Carvalho instituiu na manhã de hoje uma comissão que vai apurar as circunstâncias e responsabilidades do acidente. A comissão é composta pelo secretário de Prevenção a Violência, Mauro de Oliveira Moraes (presidente), Oswaldo Torres Neto (representante da Procuradoria Geral do Município) e Luis Wilson Santos Paolilo (representante da Secretaria de Desenvolvimento Urbano).

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e da Madeira da Bahia (Sintracom-BA), em 2013, houve 132 acidentes envolvendo trabalhadores em canteiros de obras em todo o estado.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS