Tempo - Tutiempo.net

O conselho de Transportes aprecia reajuste da tarifa para R$ 3,60 em Feira de Santana

500x300

Membros do Conselho Municipal  de Transportes se reuniram na manhã de hoje, 26, na Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito de Feira de Santana (SMTT) para apreciar o reajuste tarifário do Sistema de Transporte Integrado (SIT).

A metodologia técnica do cálculo segue a fórmula paramétrico anual com base na variação do reajuste salarial dos trabalhadores rodoviários, do preço do custo do diesel e do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), “prevista em edital de contrato de concessão para o transporte público urbano de passageiros”, conforme explicações do diretor municipal de Transportes Públicos, Rodolfo Suzarte.

O valor da tarifa real sugerida para o usuário que será apresentada para análise e aprovação ou não do prefeito Colbert Martins Filho, a partir de janeiro de 2019, ficou em R$ 3,60 no cartão social Via Feira e R$ 3,95 para pagamento em dinheiro, opção de apenas 20% dos usuários do SIT.

Novas tecnologias embarcadas

Segundo o secretário da pasta, Saulo Figueiredo, o reajuste percentual encontrado pelos técnicos da SMTT de 3,38% é um dos menores desde 2013.

“Além do menor reajuste, o usuário este ano passou a contar com novas tecnologias embarcadas, como o novo sistema gratuito Wi-Fi no interior dos ônibus, além do sistema de gestão de frota via GPS, câmeras de segurança, bilhetagem eletrônica, aplicativo com previsão de chegada do ônibus no ponto e frota cem por cento acessível”, explica o secretário.

Os dados da SMTT apontam que mais de 90 mil passageiros utilizam diariamente o sistema de acesso gratuito à internet e mais de 80 mil usam o SIU Mobile para acompanhar a chegada do ônibus aos terminais de transbordo e nos diversos pontos espalhados no município.

“Sem contar que a tecnologia tem ajudado bastante na redução de crimes a bordo [roubos a coletivos] com queda este ano para 33 por cento se comparado ao mesmo período de 2017”, afirma o secretário.

Reajuste favorável

Para o presidente da Casa do Estudante de Feira de Santana, Alessandro Falcão, um dos membros do Conselho, existia uma expectativa do novo valor da passagem de ônibus

“Achei o reajuste favorável, pois esperávamos que ficasse bem superior a R$ 4. Foi um alívio quando recebermos a proposta de R$ 3,95”, pontuo o estudante.

O representante da empresas concessionárias Rosa e São João, Claudinei Castanha, presente à reunião, sugeriu o “arredondamento” da tarifa para R$ 4 justificando facilitar o troco ao passageiro.

A tarifas diferenciadas para as linhas interdistritais regulares, a exemplo de Jaíba, Maria Quitéria, Matinha, Governador João Durval, Humildes, Tiquarucu, bem como o passe estudantil, serão analisadas em outro momento a ser definido pela SMTT.

Balanço

Durante a reunião também foi apresentado um balanço das ações da SMTT este ano e uma previsão de investimentos pela Prefeitura que impactam diretamente na área do transporte.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, existe um projeto de recuperação das vias com prioridade dos corredores de tráfego do transporte público, como o rebaixamento do solo, drenagem e recapeamento de algumas vias, a exemplo da Artêmia Pires, em razão do grande fluxo de veículos.

Já o secretário Carlos Brito destacou investimentos superior a R$ 100 milhões do poder público municipal em mobilidade urbana (Plano Diretor de Mobilidade) e modernização municipal, como a implantação de sinais sonoros para pessoas com deficiência, pisos elevados para a redução da velocidade, bem como a duplicação de dois viadutos de grande fluxo de veículos, dentro do perímetro urbano.

Ainda, segundo Brito, está previsto para 2019 requalificação de praças públicas, passeios, ciclofaixa e faixa elevada para pedestres, implantação de piso podotátil e novos postes de iluminação.

Participaram ainda da reunião o diretor do Departamento de Transportes Públicos, Rodolfo Suzarte; Liomar Ferreira, presidente do SINCAVER; José Vicente, representantes do STPAC; Hulda Barros, representante do STIAC; José de Souza Almeida do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários e Délcio Mendes Barbosa do Sindicato dos Comerciários de Feira de Santana.

PMFS

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS