Pereyr: A ‘Família Talento’ alta referência na cultura feirense

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Família Pereyr

Eles se chamam Pereyr, variação artística para Pereira. Mas Família Talento lhes cairia bem. Carol, Verena, Luca, Camila, Tito, mais Roberval e Bárbara – estes dois últimos pai e mãe, acompanhada por uma banda azeitada, mostraram em um dos palcos do Natal Encantado, na noite deste sábado, que são uma referência em Feira de Santana, quando o assunto é música de qualidade.

Sozinhos ou em grupo, deram, desculpem a redundância, um show. Foram da mais pura MPB para o som regional, mandaram ver no reggae – Carol e o tecladista Tito, ou e passou pela atemporal “Stand bty me”, do americano B. E. King, com Verena. E o público, que mais uma vez lotou a área destinada a ele, fez mais do que backing para quem estava no palco: de tão empolgado chamou para si a responsabilidade pela condução de algumas músicas.

Em família cantaram “Cio da terra”. Carol, a mais conhecida dos Pereyr,  disse que a apresentação era uma celebração do momento em família. Roberval, que mostrou talento numa flauta doce, disse que a experiência em cantar em família é interessante. E que outras famílias que tem cantores, como Djalma e Dilma Ferreira, devem se sentir estimuladas para se apresentar conjuntamente.

Roberval Pereyr, poeta, contista, compositor, cantor, flautista, professor, também com experiência nas ondas do rádio, quando apresentava na Rádio Carioca, atual Rádio Povo, um quadro literário da Revista Hera, no programa de Carlos Lima.

Secom/cljornal

OUTRAS NOTÍCIAS