Prefeitura vai coibir som alto durante Baratona

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

A Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e parceiros, não vai tolerar som acima do permitido em lei durante a Baratona, festa de camisa que há alguns anos acontece no Feira VI no domingo de vestibular da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana). Não vai ser permitida a participação de paredões ou outro tipo de som emitido por veículo.

Ao contrário dos anos anteriores, apenas uma bandinha de metal vai animar os foliões, entre a concentração, nas imediações do Bar Quatro Estações com destino ao campo Mangueirão, onde a festa acontece do meio-dia até as 20h. Também não vai ser liberado som acima de 60 decibéis, em bares ou carros, na segunda e terça-feira.

Dono de bar, coordenação da festa, Polícia Militar, Secretaria de Prevenção à Violência, Superintendência Municipal de Trânsito, participaram de uma reunião na Secretaria de Meio Ambiente, na tarde de segunda-feira (18), quando discutiram alguns pontos que serão aplicados na festa. “Vamos atender o clamor dos moradores do bairro, que afirmaram não aguentar mais o barulho durante os três dias do vestibular”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Roberto Tourinho.

Policiais e agentes de trânsito não permitirão que, como nas edições passadas, carros com potentes equipamentos de som e paredões, fiquem parados nas imediações do Mangueirão. O desrespeito às determinações vai resultar na apreensão do equipamento. Os policiais também vão fiscalizar se veículos e reboques se instalarão em outros pontos do bairro, a partir do final da festa.

De acordo com os organizadores, no ano passado mais de 1,3 mil pessoas pagaram a camisa e outra multidão ficou fora, ao som dos paredões.

Fonte: Redação / Secom

OUTRAS NOTÍCIAS