Professores concursados não atendem chamamento da prefeitura

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A situação da rede municipal de ensino se agrava com a falta de professores na sala de aula.

Muitas escolas continuam sem professores e sem aula, fato que deve comprometer, mais uma vez, o ano letivo.

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Administração, convocou por edital, 50 professores aprovados no concurso público realizado no ano passado e apenas 25 se apresentaram, conforme declaração do secretário de Administração.

Os professores convocados devem se apresentar à Secretaria de Administração, munidos com os seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, Cartão de Inscrição no PIS/Pasep, comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais e para os homens comprovante de quitação com o serviço militar.

Devem ainda levar atestado de sanidade e capacidade física, mental e psicológica, declaração de bens, atestado de antecedentes policiais e duas fotos 3X4.

Se o concursado possuir outro vínculo com o serviço público, deve apresentar declaração dos órgãos de origem com a respectiva jornada de trabalho.

Não fica apenas nessas exigências, os candidatos aprovados no concurso devem apresentar os seguintes exames laboratoriais: Hemograma completo, sumário de urina, acuidade visual, fundoscopia. Exame específico para todos os candidatos ao cargo de professor: Laringoscopia. Exames específicos para todas as candidatas do sexo feminino: Avaliação ginecológica, coloposcopia, citologia, microflora.

Os candidatos convocados com mais de 40 anos de idade devem apresentar exames de glicemia em jejum, tonometria, e eletrocardiograma.

Às mulheres nesta faixa etária é exigido o exame de mamografia. Já os homens com mais de 40 anos devem apresentar o exame antígeno prostático específico (PSA).

Com a agilidade que atualmente existe na marcação de consultas e realização dos exames de saúde, pelo SUS, nas nossas unidades de saúde, acredita que até o final de setembro o município não terá contratado nenhum professor.

 

Fonte: Carlos Lima

OUTRAS NOTÍCIAS