Tempo - Tutiempo.net

Quando cai um chuvisco no Conjunto Habitacional Feira VII gato morre afogado

Chuviscou inundou

É incrível mais é verdade.

Essa situação já se arrasta por mais de 18 anos, o poder público não move uma palha para resolver este problema de alagamento que ocorre no Conjunto Habitacional Feira VII.

Parte da Rua principal, que dá acesso ao Caic e à escola creche Antonio Carlos Machado, recém inaugurado pelo prefeito José Ronaldo, fica completamente alagada apenas com um chuvisco, imagine os senhores quando cai fortes chuvas no período do inverno.

O fato já foi informado, denunciado, divulgado e nada aconteceu.

A cara do abandono
A cara do abandono

Tem morador que fez até processa para o “Padim Cíçu”. E mesmo assim não conseguiu sensibilizar as autoridades.

Candidato a vereador, deputado e prefeito já fizeram mil promessas. Ninguém cumpriu. Se quem não paga promessa é excomungado. A coisa ta feia prá eles.

Não se admite é que, justamente, onde as águas ficam empossadas existe um canal que passa no canteiro central da rua. Tudo indica um entupimento de grandes proporções e os responsáveis pela limpeza do canal fazem vista de mercador e deixam que o volume das águas aumente, principalmente, nas trovoadas e as águas invadam as residências, como já aconteceu.

Se fosse um condomínio de classe alta esse problema jamais existiria.

O Conjunto Feira VII precisa de uma solução para este tipo de alagamento; suas ruas precisam ser pavimentadas com asfalto a quente e a coleta do lixo seja realizada com maior eficiência, seguindo uma escala de 48 horas.

Grande parte da comunidade está refletindo como poderá responder a esse tipo de abandono.

cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS