Tempo - Tutiempo.net

RESTRIÇÕES DE GASTOS NO LEGISLATIVO FEIRENSE GERAM SUSPEITAS

A verdade é de que nesse início de legislatura, o prédio anexo da Câmara deveria ter passado por uma vistoria e manutenção durante o período de recesso.

Após o início dos trabalhos legislativos desse ano de 2019, verificou-se que as estruturas desse imóvel estão altamente comprometidas, a começar pela cobertura do prédio, durante as chuvas desse início de ano, várias salas têm sido comprometidas as inúmeras goteiras.

O prédio possui três pavimentos, no terceiro piso o sanitário está interditado.

O elevador está em manutenção a mais de quatro dias, dificultando o acesso de vereadores, assessores e o público de um modo geral ao local.

A crise financeira não atinge o legislativo.

Não atinge porque os repasses do executivo ao legislativo não podem sofrer alterações em virtude da Lei que regulamenta o duodécimo, conforme orçamento do município.

É importante salientar que os poderes são independentes.

O que se questiona no momento é a qualidade administrativa que está sendo implementada pela presidência desse poder.

O descontentamento dos vereadores se manifestam de forma concreta, as queixas se multiplicam, principalmente pelo recente corte sofrido na utilização do estacionamento para os legisladores, após a presidência determinar o fim desse serviço para os edis.

De acordo com comentários nos bastidores da câmara, outras medidas desse porte deverão acontecer em curto período de tempo.

Muitos se questionam, porque o presidente não começou esses cortes por servidores faltosos e nomeados para atender indicações políticas?

Encoberto pelo temor da perseguição, alguns ainda ousam fazer sigilosos comentários que põe em cheque a administração do gestor do órgão.

Tudo isso pode servir de camuflagem nesse ano pré-eleitoral, para se conseguir capilaridade para aqueles que buscam a sua reeleição, principalmente no que diz respeito a criação de uma caixinha para custear campanha eleitoral de alguns poucos políticos privilegiados.

CL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS