Servidores vencem batalha e receberão auxílio transporte em dinheiro

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Prefeito cede pressão dos servidores municipais

Depois de se reunir com representantes de vários segmentos do funcionalismo público municipal, na manhã desta quinta-feira, 28, na Secretaria de Administração, o prefeito José Ronaldo de Carvalho, acatando antiga pauta da categoria, decidiu que, a partir de fevereiro, os valores correspondentes ao vale-transporte serão pagos em dinheiro, juntamente aos salários.

O chefe do Executivo, entretanto, afirmou que os vales-transportes ainda serão mantidos, durante o mês de janeiro.

De acordo com o secretário de Administração, João Marinho Gomes, para que os valores correspondentes aos vales-transportes passem a ser pagos em dinheiro “os servidores, através de suas secretarias, deverão solicitar o recadastramento, fornecendo as informações básicas, constantes de formulário padrão”.

Participaram da reunião representantes da Associação dos Motoristas, Sindicato do Servidor Municipal, Associação dos Guardas de Trânsito, Associação dos Guardas Municipais, Associação de Endemias e Sindicato de Endemias.

“Nós achamos uma medida bastante justa, digna do servidor público, que há muitos anos sonha com este direito atrelado ao seu contracheque; e o prefeito, após nos ouvir, nos trouxe uma resposta positiva”, ponderou Roberto Carvalho, presidente do Sindicato de Endemias.

Por sua vez, Edmundo da Paixão, vice-presidente da Associação da Guarda Municipal, ao também comemorar a iniciativa do governo, ressaltou que, ao atendê-los, “o prefeito José Ronaldo abriu um canal de comunicação importante com a categoria, o que é bom para ambas as partes”, disse. (secom)

Essa batalha está vencida, mas segundo informações colhidas entre professores da rede municipal de ensino e alguns representantes o Sindicato da categoria, a guerra continua. (cljornal)

OUTRAS NOTÍCIAS