Tempo - Tutiempo.net

Targino identifica localização de 24 milhões da Operação Pityocampa/por Carlos Lima

A foto diz tudo

O deputado estadual Targino Machado participando de uma live afirmou não saber o destino dos 100 milhões, ou mais, desviados da saúde e que está sendo investigado pela justiça, conforme Operação Pityocampa.

No entanto, todos sabem onde estão 24 milhões dessa verba.

Ao comentar o fato, afirmou: “Os cem milhões não sei, mas, 24 milhões eu sei, aliás, estes com certeza serão recuperados, porque já estão bloqueados na conta do ex-prefeito José Ronaldo pela justiça”.

Seria também um bom momento para o deputado indagar ao prefeito Colbert Filho porque ele determinou a sua bancada de vereadores para não aprovarem a instalação de CPI que visava apurar o maior desvio (roubo) de recursos na  verba da saúde em Feira de Santana.

Será que também foram emitidos alguns “vauchers”?

A lentidão investigativa e consequentemente o favorecimento dos envolvidos com o prolongado espaço de tempo para uma provável condenação e punição, faz com que políticos desonestos continuem exercendo o poder e participando do processo eleitoral, mantendo um prática delituosa e criminosa na administração do dinheiro público.

Essa prática delituosa é também definida como ato de  improbidade prevista no artigo 9º da lei 8429, é a vantagem financeira e patrimonial indevida que se materializa em razão de cargo, mandado, emprego ou função pública.

Eles estão causando prejuízo ao erário, ou seja, prejuízo ao patrimônio público.

Os comentários dão conta de que esse “modus operandis” vem sendo aperfeiçoado ao longo de 20 anos sob o poder de um único grupo político em Feira de Santana.

O seu aperfeiçoamento veio com a prática, poucos casos chegaram com mais intensidade ao conhecimento público, menos ainda investigados pela polícia e justiça.

Os poucos que brotaram a luz do conhecimento da sociedade foram adormecidos em berços esplendidos.

O deputado Targino Machado bem que poderia cobrar maior eficiência dos órgãos investigativos e resultados mais definidores da Operação Pítyocampa nas fiscalizações mais efetivas e especificas das denuncias que circundam a prefeitura de Feira de Santana.

Não queremos a incriminação de inocentes, basta encontrar os culpados e puni-los com o rigor da lei.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS