Vereador demagógico e oportunista provoca renuncia de membros da CCJ

Isaias vereador de projetos inconstitucionais
A bagunça se instalou permanentemente no Poder Legislativo de Feira de Santana. Dois membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), explodiram. Não mais suportaram o oportunismo de um dos seus pares.
Os vereadores Eli Ribeiro e Fabiano da Van, perderam o controle emocional diante das criticas formuladas por alguns dos vereadores com relação aos pareceres que rejeitava Projetos de Lei com propostas completamente inconstitucionais, visando apenas argumentos eleitoreiros.
O último projeto foi do vereador Isaias de Diogo. Um projeto claramente eleitoreiro e inconstitucional, que suspendia o pagamento obrigatório feito pelos feirantes.
Todos os edis têm conhecimento que o legislativo não se pode apresentar projeto que renuncie receitas ou que crie despesas para o município.
Não é de se estranhar o comportamento desse vereador, que tem sobre si algumas irregularidades já cometidas e seja circundado de suspeição, principalmente pelo uso do cartão alimentação destinado, por lei, a assessores.
Visando unicamente a sua reeleição joga maldosamente contra a Comissão de Constituição e Justiça, para eleitoralmente desqualificar e desgastar os membros da CCJ diante dos feirantes.
Seu discurso para a categoria pode ser: ‘Eu tentei mas a Comissão deu parecer contrário”.
Como definir tal comportamento. Façam suas avaliações.
Em virtude dessa situação os vereadores Eli Ribeiro e Fabiano renunciaram sua permanência na referida Comissão.
O eleitor feirense deve avaliar com muito critério o ato democrático de votar visando reeleger, reconduzir os vereadores atuais para um novo mandato.
É de vital importância a renovação do quadro atual. A grande maioria esteve bem abaixo, da baixa média.
cljornal
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS