Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro busca acordo com o Judiciário para não ser preso, diz Noblat

Ricardo Noblat

O jornalista Ricardo Noblat informou nesta quarta-feira (15) que Jair Bolsonaro (PL) busca fazer um acordo com o Poder Judiciário para não ser preso depois da eleição de outubro se ele for derrotado.

Bolsonaro é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito que apura um esquema de financiamento e divulgação de fake news.

“Bolsonaro está à procura de um acordo por debaixo do pano com a Justiça. Topa aceitar o veredito popular, seja qual for, desde que em caso de derrota não seja preso, nem seus filhos.

Além de ser investigado, Bolsonaro fez nos últimos anos ataques ao STF, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao sistema eleitoral brasileiro com o objetivo de passar a mensagem de que instituições do Poder Judiciário atrapalham o seu governo, que tem índices de desaprovação perto dos 50%, conforme pesquisas oficiais.

Na tentativa de desestabilizar, sem sucesso, a Justiça brasileira, Bolsonaro tem colocado em dúvida a confiabilidade do processo eleitoral e defendido a atuação das Forças Armadas na checagem do resultado das eleições, o que é visto pela oposição ao governo e por setores progressistas da sociedade como uma tentativa de golpe se ele não ganhar o pleito de outubro.

Em maio, o TSE informou que, depois de fazer testes, investigadores não conseguiram alterar voto, mudar o resultado da urna ou fraudar o processo eleitoral.

Bolsonaro está com problemas de governabilidade desde o começo do ano.

Um dos motivos foram as dificuldades de articulação com o Congresso Nacional, o que ele tentou compensar com o orçamento secreto em 2020, ou seja, compra de apoio parlamentar.

Falta de crescimento econômico e de retomada dos direitos trabalhistas e sociais foram outras causas da baixa popularidade dele.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS