Tempo - Tutiempo.net

Corte Internacional de Justiça ordena que Israel encerre operação em Rafah

Corte Internacional de Justiça

Em uma decisão anunciada pelo juiz Nawaf Salam, a Corte Internacional de Justiça (CIJ) ordenou que Israel interrompa sua operação em Rafah, disse o juiz Nawaf Salam, presidente do Tribunal, nesta sexta-feira.

Ao mesmo tempo, Tel Aviv deve garantir o acesso desimpedido à Faixa de Gaza para as missões que investigam as alegações de genocídio, acrescentou o juiz.

“O tribunal considera que, em conformidade com as obrigações decorrentes da Convenção do Genocídio, Israel deve suspender imediatamente a sua ofensiva militar e quaisquer outras ações em Rafah”, disse o juiz.

A CIJ também pediu a libertação imediata dos reféns feitos pelo Hamas no ataque de 7 de outubro.

“O tribunal considera profundamente preocupante que muitos destes reféns permaneçam em cativeiro e reitera o seu apelo à sua libertação imediata e incondicional”, afirmou.

Com informações da Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS