Em evento esvaziado, Aécio pede “unidade” ao PSDB

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Em um esvaziado evento com militantes do PSDB no Rio Grande do Sul, realizado nesta segunda-feira (11), o senador mineiro Aécio Neves pregou “unidade” ao partido e disse que está “aquecendo os motores” para 2014.

O encontro, que se tornou uma espécie de minicomício da campanha para o próximo ano, foi promovido em um ginásio de São Leopoldo, cidade da região metropolitana de Porto Alegre onde o PSDB tirou o PT do poder em 2012.

Presidente nacional do PSDB, Aécio foi recebido com foguetório, balões, coros de “presidente” e faixas fazendo referência às eleições de 2014.

Em rápido discurso, repetiu críticas ao governo Dilma Rousseff e disse que a unidade será “imprescindível” para a sigla. “Vamos estar unidos, pensando grande, na nossa responsabilidade com o Brasil. O PSDB não é um partido qualquer. Os brasileiros esperam de nós uma resposta”, disse.

Na última sexta-feira (8), o ex-governador de São Paulo José Serra, que também ambiciona ser candidato a presidente em 2014, fez críticas a estratégias adotadas pelo partido.

No evento em São Leopoldo, a quantidade de militantes não foi suficiente para encher metade da quadra de esportes onde o encontro foi realizado. Um dos dirigentes tucanos culpou a chuva intensa na região pela situação.

Candidatos a deputado estadual do partido em 2014, como o cantor Gaúcho da Fronteira, foram apresentados no palanque.

Na chegada, o senador disse a jornalistas que o governo Dilma faz “alquimia com os números” na gestão fiscal, o que gera “desconfiança” em investidores.

Também fez uma previsão para a eleição do próximo ano: “Quem for para o segundo turno com a atual presidente vai vencer as eleições. Espero que sejamos nós.”

Fonte: Felipe Bächtold

OUTRAS NOTÍCIAS