Impressionante! Mulher morre ao ser arrastada por viatura da PM no Rio

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Na zona norte do Rio de Janeiro, no domingo (16), uma ação policial terminou em tragédia. Durante uma troca de tiros entre uma equipe da polícia militar e bandidos no Morro da Congonha, em Madureira, uma mulher que passava pelo local identificada como Claudia Silva Ferreira, de 38 anos, foi atingida por uma balada perdida.

 

Os policiais colocaram Cláudia no fundo da viatura e prosseguiram para o hospital quando a mala do carro se abriu deixando a mulher ferida pendurada, presa ao carro. Cláudia foi arrastada por aproximadamente 250 metros.

 

Apesar dos gritos de populares, os policiais não ouviram devido ao barulho na via e só pararam em uma sinaleira. Cláudia já estava morta. A ação foi gravada por um cinegrafista amador que estava no local. Logo depois, os moradores revoltados protestaram contra a ação da polícia. Dois ônibus foram queimados.     


A Policia Militar informou ainda que os policiais encontraram Cláudia já baleada no alto do morro. Ela ainda foi levada para o Hospital Estadual Carlos Chagas, mas não resistiu.


A Polícia Militar do Rio informou que foi determinada a prisão dos três policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) que participaram do socorro a Claudia, e foi aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar o ocorrido.

 

Assista o vídeo abaixo:

 

 

Fonte: Redação com informações do G1/ Foto: Web

OUTRAS NOTÍCIAS