Jornal inglês sugere armação em morte de casal de PMs e diz que polícia de SP é “corrupta”

Uma reportagem publicada nesta quinta-feira (8) pelo jornal inglês Daily Mail sugere que Marcelo Pesseghini, de 13 anos, pode ser o protagonista de uma armação por parte da polícia de São Paulo, que de acordo com a publicação “é amplamente conhecida como uma das mais corruptas do mundo”. A reportagem entatizou também que “oficiais da corporação estiveram envolvidos em vários escândalos nos últimos anos”, fatores que levam a crer que o menino poderia estar sendo alvo de uma “armação”.

 

A conclusão dos ingleses leva em conta as declarações do comandante do batalhão de Andreia, o coronel Wagner Dimas. Em entrevista à rádio Bandeirantes na última quarta-feira (7), ele disse que a cabo havia denunciado colegas de trabalho que estariam envolvidos com roubos a caixas eletrônicos. A alegação foi prontamente negada pelo comando da PM de São Paulo, e pelo próprio Dimas, na manhã desta quinta-feira (8).

 

O suposto envolvimento de outros policiais na morte do casal de PMs, do suposto assassino Marcelo Pesseghini, da avó, Benedita Oliveira Bovo, e da tia-avó, Bernadete Oliveira da Silva, garantiu o restante da reportagem do Daily Mail, que foi além e afirmou que “grupos de extermínio de policiais militares são suspeitos de assassinatos em massa e execuções extra-judiciais” em São Paulo.

 

O delegado Itagiba Franco, do DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) da Polícia Civil, segue a mesma linha inicial de investigação, que aponta que Marcelo assassinou as quatro pessoas da família, foi à escola e depois retornou para casa, antes de cometer suicídio.

 

 

 

 

 

Fonte: Redação/ R7

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS