Médico receita vodka para bebês

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Duas mães de Aracruz, no Espírito Santo, denunciam um médico que orientou que elas usassem gotas de vodka na nebulização dos filhos bebês. A bebida chegou a ser prescrita em receita no início da semana, no Hospital e Maternidade São Camilo. A direção da unidade médica informou que só irá se pronunciar quando as investigações forem concluídas, segundo o G1. Já o médico acusado não quis falar sobre o assunto.

 

Luana Thomaz conta que o filho, de 6 meses, começou a passar mal no começo da semana. Ela levou a criança até o hospital, onde um médico recomendou nebulização. Quando a mãe apresentou a receita recebida a um farmacêutico, notou algo estranho pela primeira vez. “O farmacêutico disse que não tinha o que eu estava pedindo, pois era vodca de supermercado. Não acreditei quando ouvi isso”, conta.

 

Luana então divulgou uma imagem da receita nas redes sociais, indignada. Foi quando descobriu que uma amiga, Joyce Silva, que tem uma filha de um mês, passou por situação simila. “Na hora fiquei surpresa de ele ter colocado vodca junto com medicamento, mas não sei explicar, na hora a ficha não caiu. Só quando eu já tinha saído do hospital que percebi que ele tinha receitado bebida alcoólica para a minha filha”, lembra.

 

“Ele me perguntou se eu conhecia um remedinho chamado vodca. Falei que não e ele me respondeu, surpreso, ‘mas eu só estou falando de vodca de supermercado’. Na hora, achei que ele estivesse brincando comigo, nunca pensei que fosse receitar isso para o meu filho”, conta Luana que, junto com a amiga, contratou um advogado.

 

O pediatra pneumologista Mário Tironi comentou o caso e disse que antigamente, por falta de outros recursos, os médicos usavam a vodca para desidratar as secreções nos tratamentos de asma e bronquite. Segundo ele, no entanto, esse tipo de tratamento não é mais usado.

Fonte: Correio

OUTRAS NOTÍCIAS