Morre ‘maior crocodilo de água salgada em cativeiro no mundo’

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Morreu na localidade de Bunawan, nas Filipinas, o ‘maior crocodilo de água salgada mantido em cativeiro’ no mundo.
Segundo autoridades locais, o réptil, que tinha 6,4 metros e pesava 1.075 quilos, foi encontrado com a barriga inchada e declarado morto horas depois.

“Ele estava se recusando a comer desde o mês passado e percebemos uma mudança na cor de suas fezes”, disse o prefeito de Bunawan Edwin Elorde ao jornal Philippine Inquirer Daily.

Segundo o veterinário Alex Collantes, o frio fora do comum que está fazendo na região pode ter afetado o crocodilo, que recebeu o nome de Lolong.

O réptil foi capturado em setembro de 2011 em Bunawan após uma caçada de três semanas envolvendo dezenas de pessoas.

Acredita-se que ele tenha sido responsável pela morte de pelo menos uma pessoa na região.

Lolong foi declarado o maior crocodilo de água salgada em cativeiro do mundo no ano passado pelo Guinness World Records e tornou-se a principal atração de um parque de ecoturismo em Bunawan.

De acordo com Elorde, especialistas em vida selvagem farão uma investigação para estabelecer exatamente a causa da morte do crocodilo, cujo corpo deve ser preservado.

“As pessoas ainda poderão vê-lo e se maravilhar com ele”, disse o prefeito.

Segundo a imprensa australiana, o posto de maior crocodilo de água salgada em cativeiro do mundo agora pertence a Cassius, um animal de 5,48 metros que vive em uma fazenda em Queensland.

Fonte: Redação / BBC Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS