NÃO DEMOROU: APÓS OS INSULTOS DA ESTREIA, TORCIDA CLAMA POR DILMA

Com mais camisas amarelas que azuis dos argentinos, o Itaquerão registrou nesta terça-feira gritos de “olé olá, Dilma, Dilma” em apoio à presidente da República; na abertura da Copa, em 12 de junho, Dilma foi xingada pela torcida, em episódio fortemente criticado por diversos setores da sociedade.

 

As mudanças não demoraram. A torcida presente no Itaquerão para a partida entre a Argentina e a Suíça pelas oitavas de final, nesta terça-feira, deixou uma marca bem diferente da abertura da Copa no dia 12 de junho.
Naquela ocasião, a presidente Dilma Rousseff, presente no estádio, foi xingada em diversos momentos. O governo e o PT chegaram a atribuir a uma “elite branca” o episódio, fortemente criticado pela mídia e por outros setores da sociedade.

 

Desta vez, com mais camisas amarelas que azuis dos argentinos, a Arena Corinthians registrou gritos de “olé olé Dilma Dilma” em apoio à presidente da República.

 

Dilma pretende comparecer na final da Copa, marcada para o dia 13 de julho, no Maracanã.   

Fonte: B.247/Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS