Tempo - Tutiempo.net

New York Times pede que Biden desista da disputa pela presidência

Biden é derrotado no debate com Trump

O conselho editorial do New York Times, jornal mais influente dos Estados Unidos, pediu na sexta-feira (28) ao presidente Joe Biden que desista de sua campanha pela reeleição e permita que outro democrata enfrente Donald Trump em novembro.

Em editorial publicado após o primeiro debate eleitoral, ocorrido ontem e considerado catastrófico para Biden, o jornal descreveu o presidente, como “a sombra de um líder”, que “fracassou em seu próprio teste”.

Biden titubeou, deixou frases incompletas e mostrou um olhar perdido durante os 90 minutos dolorosos do debate na TV, acompanhado por milhões de telespectadores.

“O Sr. Biden tem sido um presidente admirável. Sob a sua liderança, a nação prosperou e começou a enfrentar uma série de desafios de longo prazo, e as feridas abertas pelo Sr. Trump começaram a cicatrizar.

Mas o maior serviço público que o Sr. Biden pode prestar agora é anunciar que não continuará concorrendo à reeleição”, publicou o conselho editorial.

Membros do Partido Democrata também questionaram a capacidade de Biden de assumir um novo mandato.

Mas o presidente americano garantiu hoje que pode “fazer o trabalho”, e recebeu o apoio de seus antecessores democratas Barack Obama e Bill Clinton.

O próprio Trump disse em comício na Virgínia que não acredita que o adversário vá jogar a toalha, “porque se sai melhor nas pesquisas do que qualquer um dos democratas” cotados para substituí-lo.

SAUL LOEB

OUTRAS NOTÍCIAS