‘Polícia pra quê, polícia?’

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Cerca de 70% da população brasileira não confia na polícia, revela pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgada nesta terça-feira. Diariamente, pelo menos cinco pessoas morrem no Brasil vítimas de confrontos com policiais civis ou militares, uma média que se mantém quase a mesma desde 2000. Em 2012, foram 1.890 mortos em ações policiais.

Na segunda-feira (4), o Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou estudo que mostrou que em 2012, os gastos com segurança pública no país cresceram 15,83% em relação a 2011, e somaram R$ 61,1 bilhões. Os dados foram obtidos por meio do cruzamento de informações da Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, e da secretaria da Fazenda de todos os estados.

Segundo o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os investimentos em inteligência e informação aumentaram, mas ainda são escassos e somaram apenas R$ 880,05 milhões, ante a R$ 17,56 bilhões de policiamento, R$ 2,57 bilhões de defesa civil e R$ 31,78 bilhões para outras funções. Os gastos com inteligência no país cresceram 78,12% de 2011 para 2012, “o que indica que os estados e a União estão começando a se preocupar mais com questões estratégicas para o aperfeiçoamento da segurança pública”, diz o Fórum. O crescimento foi puxado por São Paulo, que investiu R$ 273,24 milhões nesse setor.

Cada estado gastou, em média, R$ 27,62 milhões em informação e inteligência. O Rio de Janeiro, de acordo com o Fórum, é o estado que menos investiu em inteligência, pois declarou ter aplicado apenas R$ 19,06 mil na área em 2012.

Fonte: Redação / O Globo

OUTRAS NOTÍCIAS