PONTO FINAL: SERTÃO.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O sertão chora sem lágrimas

derramar,

o réquiem da morte que uiva

sobre o raro ar!…

Sertão.

Sertão é sol e sal,

é dormência de sonho que não acaba,

é tempo sem Deus a ouvir preces,

é tempo sem mutação…ponto final.

Fonte: Cezar Ubaldo

OUTRAS NOTÍCIAS