Quem divulgar dados de crianças poderá ser preso

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Deputada Lídice da Mata (PSB-BA)

Relatora da CPMI das Fake News, a deputada Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou um projeto que mexe na Lei do Bullying, de 2017, e introduz a punição para a prática do “doxxing”.

 A expressão significa a prática de se obter dados privados de uma pessoa e torná-los públicos na web, por meios diversos, a exemplo do que ocorreu no caso da menina de 10 anos, vítima de um estupro, e que teve sua identidade revelada nas redes sociais.

Não apenas a identidade.

Foi publicado o local e o hospital onde ela foi submetida a procedimento de interrupção da gravidez.

O projeto prevê pena de reclusão de 2 a 4 anos para quem divulgar por qualquer meio dados de criança e de adolescentes vítimas ou testemunhas de quaisquer violências.

A proposta da deputada prevê o direito da criança ou adolescente pleitear a exclusão de informações pessoais de sites de pesquisa ou de notícias que possam causar-lhes constrangimentos ou danos psicológicos.

Firmando uma tese já aplicada nos tribunais superiores, o chamado Direito ao Esquecimento.

BC

OUTRAS NOTÍCIAS