Tempo - Tutiempo.net

Requião pode se filiar ao PT para disputar o governo do Paraná

Robert Requião que se filiar ao PT

Censurado pela velha mídia corporativa do Paraná, desde 2010, quando deixou o governo, as notícias que se tem do ex-senador Roberto Requião (sem partido), do Partido dos Trabalhadores e dos movimentos populares são possíveis somente pela imprensa estrangeira, mídia independente [Blog do Esmael] ou pelos jornalões de outros estados.

Dito isso, o jornal O Dia, do Rio de Janeiro, anotou nesta quinta-feira (30/12) que Requião vai entrar no PT e que será o franco-atirador do ex-presidente Lula contra as candidaturas do suspeito ex-juiz Sergio Moro e Alvaro Dias ao Senado, ambos do Podemos.

A TV Esmael vai entrevistar hoje, às 18h, Requião, o deputado Arilson Chiorato, presidente do PT no Paraná, e Elton Barz, presidente do PCdoB do Paraná.

Eles irão fazer a retrospectiva política de 2021, mostrando os melhores e piores momentos da vida pública nacional. Portanto, nós vamos conferir logo mais essa história de filiação no PT.

Fator Requião

O ex-governador e ex-senador Roberto Requião, sem mandato, quer voltar ao Poder em grande estilo ano que vem, e sempre polêmico.

Após 40 anos no MDB, do qual se desfiliou, pode se filiar ao PT – ou outro partido de centro-esquerda – e quer ser o candidato de Lula da Silva ao governo do Paraná.

Inconformado com o desdém dos petistas pelo que considera seu potencial eleitoral de recall, mandou recado para Lula através da namorada Janja, e criticou a indiferença da presidente do partido, Gleisi Hoffmann, sua amigpo desde os tempos em que ela era líder estudantil e, ele, governador.

Requião é boquirroto, mas mão firme no trato político. Ele quer ser o nome de Lula contra a coalizão da chapa de Sergio Moro e Alvaro Dias no Estado. E tem munição.

Se Requião entrar no PT, falta aparar arestas. Petistas e dilmistas não esquecem o cartão de aniversário que ele enviou para a então presidente, assinado pelo seu motorista do Senado.

Esmael

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS