RETORNO ÁS ESTRELAS

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Ao meu funeral
não lancem lágrimas.
Deixem que aves
e peixes,
no soluço dos ventos
e dos mares
chorem a minha partida
para as estrelas
de onde vim
e aonde o mais terno amor
aguarda-me….

Fonte: Cezar Ubaldo

OUTRAS NOTÍCIAS