RUI CRITICA ECONOMIA DE DILMA E PEDE OUSADIA

Presidente Nacional do PT Rui Falcão

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 28, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, voltou a criticar a política econômica comandada pela presidente Dilma Rousseff.

Segundo Rui, o governo da presidente Dilma Rousseff precisa se concentrar na construção de uma pauta econômica que devolva à população a confiança perdida após a frustração dos primeiros atos de governo”.

“Chega de altas de juros e de cortes em investimentos. Nas propostas da Fundação Perseu Abramo e entidades parceiras, nos projetos da nossa Bancada, da Frente Brasil Popular, da CUT, do MST, entre outras, há subsídios à vontade para serem analisados e adotados”, afirmou.

O dirigente petista destacou também o enfraquecimento do projeto de ruptura da democracia liderada por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG).

“Agora que o risco do impeachment arrefeceu, mas sem que as ameaças de direita tenham cessado, é hora de apresentar propostas capazes de retomar o crescimento econômico, de garantir o emprego, preservar a renda e os salários, controlar a inflação, investir, assegurar os direitos duramente conquistados pelo povo”, afirmou.

Falcão, que já havia se posicionado contrário à política adotada pelo ex-ministro Joaquim Levy, demonstrou confiança no ministro Nelson Barbosa.

“Sabemos da competência, habilidade e capacidade de diálogo dos novos ministros Nelson Barbosa e Valdir Simão. Confiamos em que eles deem conta da tarefa, mudando com responsabilidade e ousadia a política econômica”, afirmou. (Brasil 247)

Não sabia que Rui Goethe da Costa Falcão, atual presidente do PT, era economista. Pelo que sei Rui Falcão é advogado e jornalista, trabalhou nos periódicos: A Gazeta, Folha de São Paulo, Notícias Populares, Jornal da Tarde, Diário da Noite. Todos de São  Paulo da revista Exame, entre 1977 e 1988. 

Além de enfrentar a oposição, a presidente também tem que ouvir insatisfeitos do PT. Esqueceram que um percentual considerável desses petistas, estão envolvidos na Lava Jato, um deles, o senador Delcídio foi preso recentemente, e até agora não se ouviu nada sobre a sua expulsão do partido, e os outros?

Se a presidente vive uma situação difícil politicamente a culpa é de quem? Não me digam que só a oposição é responsável por tudo isso. Ela tem sua parcela de culpa. No entanto não podemos esquecer que um grande número de membros da alta cúpula petista estavam, e quem sabe ainda estão, envolvidos no esquema de propina que prejudicou a Petrobrás, as grandes; pequenas e médias empresas do país.

Gerou desemprego, crise de credibilidade, municiou o golpe, etc. etc., e, bem a presidente não se livrou do impeachment, o presidente nacional do PT, ao invés de procurar fortalecer o seu próprio governo, apresenta críticas ao esquema econômico, fala do que não sabe e alimenta os contrários.

Dilma não deixa o PT por questões ideológicas. Mas, como sempre, o PT não tem unidade, perdeu sua ideologia, e adoeceu de GOTA. (CLJORNAL)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS