RUI CRITICA ECONOMIA DE DILMA E PEDE OUSADIA

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Presidente Nacional do PT Rui Falcão

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 28, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, voltou a criticar a política econômica comandada pela presidente Dilma Rousseff.

Segundo Rui, o governo da presidente Dilma Rousseff precisa se concentrar na construção de uma pauta econômica que devolva à população a confiança perdida após a frustração dos primeiros atos de governo”.

“Chega de altas de juros e de cortes em investimentos. Nas propostas da Fundação Perseu Abramo e entidades parceiras, nos projetos da nossa Bancada, da Frente Brasil Popular, da CUT, do MST, entre outras, há subsídios à vontade para serem analisados e adotados”, afirmou.

O dirigente petista destacou também o enfraquecimento do projeto de ruptura da democracia liderada por Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG).

“Agora que o risco do impeachment arrefeceu, mas sem que as ameaças de direita tenham cessado, é hora de apresentar propostas capazes de retomar o crescimento econômico, de garantir o emprego, preservar a renda e os salários, controlar a inflação, investir, assegurar os direitos duramente conquistados pelo povo”, afirmou.

Falcão, que já havia se posicionado contrário à política adotada pelo ex-ministro Joaquim Levy, demonstrou confiança no ministro Nelson Barbosa.

“Sabemos da competência, habilidade e capacidade de diálogo dos novos ministros Nelson Barbosa e Valdir Simão. Confiamos em que eles deem conta da tarefa, mudando com responsabilidade e ousadia a política econômica”, afirmou. (Brasil 247)

Não sabia que Rui Goethe da Costa Falcão, atual presidente do PT, era economista. Pelo que sei Rui Falcão é advogado e jornalista, trabalhou nos periódicos: A Gazeta, Folha de São Paulo, Notícias Populares, Jornal da Tarde, Diário da Noite. Todos de São  Paulo da revista Exame, entre 1977 e 1988. 

Além de enfrentar a oposição, a presidente também tem que ouvir insatisfeitos do PT. Esqueceram que um percentual considerável desses petistas, estão envolvidos na Lava Jato, um deles, o senador Delcídio foi preso recentemente, e até agora não se ouviu nada sobre a sua expulsão do partido, e os outros?

Se a presidente vive uma situação difícil politicamente a culpa é de quem? Não me digam que só a oposição é responsável por tudo isso. Ela tem sua parcela de culpa. No entanto não podemos esquecer que um grande número de membros da alta cúpula petista estavam, e quem sabe ainda estão, envolvidos no esquema de propina que prejudicou a Petrobrás, as grandes; pequenas e médias empresas do país.

Gerou desemprego, crise de credibilidade, municiou o golpe, etc. etc., e, bem a presidente não se livrou do impeachment, o presidente nacional do PT, ao invés de procurar fortalecer o seu próprio governo, apresenta críticas ao esquema econômico, fala do que não sabe e alimenta os contrários.

Dilma não deixa o PT por questões ideológicas. Mas, como sempre, o PT não tem unidade, perdeu sua ideologia, e adoeceu de GOTA. (CLJORNAL)

OUTRAS NOTÍCIAS