Tempo - Tutiempo.net

TSE cassa mandato de deputado estadual por fake news contra as urnas

Bolsonaro ao lado do deputado Felipe, cassado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira, 28 – por 6 votos a 1 – cassar o mandato do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini (PSL) por divulgar notícias falsas sobre as urnas eletrônicas no primeiro turno das eleições de 2018.

O relator do processo, ministro Luís Felipe Salomão, entendeu que o parlamentar fez uso indevido dos meios de comunicação social e cometeu abuso de poder político.

No dia do primeiro turno das eleições, em 7 de outubro, Fransischini fez uma live no Facebook em que afirmou que as urnas tinham sido supostamente fraudadas e não era possível votar no então candidato Jair Bolsonaro.

Na ocasião, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná fez uma auditoria e constatou que não havia indícios de fraude no sistema.

Com a decisão do TSE, o deputado teve o mandato cassado e fica inelegível por oito anos.

Além disso, o Tribunal votou para anular os votos de Francischini em 2018, com recálculo dos quocientes eleitorais e partidários no Paraná.

Cljornal com informações de  Arnaldo Netto

 

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS