Tempo - Tutiempo.net

A Ferrari de Schumacher é leiloada em Nova York e é vendida por US$ 7,5 milhões

Ferrari usada por Scumacher para vencer o GP de Mônaco de 2001 foi leiloada em NY (Foto: Reprodução / Sotheby's )

Uma Ferrari pilotada pelo alemão Michael Schumacher na Fórmula 1 foi arrematada nesta quinta-feira (16) por US$ 7,5 milhões, em um leilão realizado pela Casa Sotheby’s em Nova York.

Em seu leilão de arte contemporânea, a Sotheby’s inovou ao apresentar a Ferrari na qual Schumacher ganhou o Grande Prêmio de Mônaco em 2001.

O valor obtido pelo carro de Schumacher, sete vezes campeão mundial de F-1 e gravemente ferido em um acidente de esqui em 2013, superou amplamente a estimativa inicial de entre US$ 4 e US$ 5 milhões.

“Isto não é uma obra de arte (…), mas todos nós crescemos entre automóveis, sonhamos com automóveis e penso que não faz mal fazer uma pequena concessão neste leilão”, disse o responsável da Sotheby’s Grégoire Billault.

O nome do comprador não foi revelado.

Acidente

O piloto alemão, que havia se aposentado definitivamente das pistas ao fim de 2012, acidentou-se enquanto esquiava com a família em Méribel, nos Alpes franceses, em 29 de dezembro de 2013. Ele estava fora da rota delimitada e o inquérito sobre o acidente indica que tropeçou em uma pedra escondida sobre a neve, batendo sua cabeça em outra, o que fez com que seu capacete rachasse.

Não se sabe a velocidade em que Schumacher, um esquiador com experiência reconhecida, estava no momento da queda.

Após semanas em coma, e meses internado, o alemão saiu do hospital e é mantido em sua casa, na Suíça, sob os cuidados da família, que não permite a divulgação de fotos nem de novas informações sobre seu estado de saúde.

Por France Presse

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS