Tempo - Tutiempo.net

Brasileiro diz que ocorreram 90 abalos menores depois do terremoto no Nepal

O empresário brasileiro José Eduardo Sartor Filho, que está no Nepal, informou à família que cerca de 90 réplicas do terremoto foram registradas na região, após o abalo de 7,8 graus de magnitude na escala Richter que ocorreu no sábado (25).

Ele recebeu a informação de um centro de estudos sismológicos que fica na base das montanhas do Himalaia.

 

Sartor Filho e o sócio, Carlos Santalena, dirigem uma empresa de viagens de aventura e estavam aguardando um grupo de turistas no vilarejo de Lobuche, para seguirem até o acampamento-base para escalarem o monte Lhotse, quarto mais alto do mundo.

As informações foram dadas hoje (27) pelo pai do empresário, José Eduardo Sartor, que mantém contato diariamente com o filho por conexão via satélite.

Segundo ele, Sartor Filho fez contato em

Sartor conta que hoje eles foram até o acampamento-base, atingido por uma avalanche, para ver a situação, e disse que, apesar de devastado, a situação está se normalizando.

 

Parte dos turistas brasileiros que a empresa estava acompanhando na capital, Katmandu, já deixou o Nepal, mas os dois sócios vão continuar no país até o final de maio.

 

“A ideia agora é ajudar o povo no que pudermos. Eles conhecem o Nepal muito bem, viajam para lá duas vezes por ano e têm uma ligação muito forte com o povo nepalense.

 

Agora, é focar e ajudar esse pessoal, fisicamente, eles que estão lá, e materialmente, com o que pudermos arrecadar”, disse José Eduardo Sartor.

Fonte: Andreia Verdélio

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS