Cameron diz que seguia em seu Twitter, agência de prostitutas, por ‘equívoco’

 

O conservador David Cameron, primeiro-ministro do Reino Unido, explicou nesta quinta-feira (20), em seu Twitter, que seguia uma agência de prostituição de luxo ‘acidentalmente’. A explicação foi dada pelo governo britânico à emissora ‘BBC’.

Por causa de um sistema automático instalado na conta no Twitter do ‘premier’, este começou a seguir por equívoco a agência de prostituição Carltons of London, que, por sinal, possui várias brasileiras em seu casting.

‘Antes era utilizado um processo automático para seguir outras contas e, por isso, que @Number10gov (a conta oficial de Cameron) seguia automaticamente todos seus seguidores’, explicou o governo à emissora pública britânica.
Segundo o governo britânico, como resultado desse seguimento automático em massa, a conta do primeiro-ministro segue agora quase 370 mil contas, enquanto novas medidas estão sendo tomadas para o premier deixar de seguir ‘as que estão inativas, as consideradas ‘spam’ e as inapropriadas’, como a agência de prostituição de luxo.

A Carltons of London oferece ‘as prostitutas de maior qualidade de Londres para distintos cavalheiros’, informa a agência em seu site.

Fonte: Redação / Agência EFE

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS