Tempo - Tutiempo.net

China ignora contatos telefônicos com altos comandantes do Pentágono

À medida que a China continua seus exercícios militares em torno de Taiwan em resposta à visita da congressista americana Nancy Pelosi à ilha nesta semana, autoridades militares chinesas se recusam a responder às chamadas telefônicas de seus homólogos do Pentágono, escreve o Politico.

De acordo com “três pessoas com conhecimento destas tentativas”, nos últimos dias, Pequim alegadamente rejeitou várias chamadas do secretário da Defesa Lloyd Austin e do o chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, Mark Milley.

O último contato confirmado de Milley com o chefe do Estado-Maior da China, general Li Zuocheng, foi em 7 de julho, enquanto Austin se reuniu pessoalmente com o ministro da Defesa chinês, general Wei Fenghe, em junho.

Na sexta-feira (5) a China suspendeu a cooperação com os EUA em várias áreas militares e civis.

O ministério divulgou uma lista de áreas onde não haverá mais comunicação entre autoridades chinesas e norte-americanas.

Estas incluem reuniões de trabalho entre departamentos de Defesa, consultas de segurança marítima, cooperação sobre imigração ilegal, assistência judicial, crimes transnacionais, controle de drogas e alterações climáticas.

Existe uma tensão nunca antes verificada. A China não descarta uma ação militar em Taiwan. O espectro da guerra está se alastrando como fogo em rastilho de pólvora.

Com informações do Sputnik

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS